About us Fale com a Agência Nude: nude@nude.art.br | Darcy Toledo: (11) 99302-8755 | Jane Walter: (11) 98221-9341

Estadão/Suplemento Feminino: “Um dia de femme fatale”

Principal // Mídia // Estadão/Suplemento Feminino: “Um dia de femme fatale”

Para incendiar a relação ou simplesmente massagear o ego, muitas mulheres posam para ensaios sensuais

Por Vera Fiori

Os estúdios especializados em clicar mulheres comuns com poses sensuais já existem há um tempinho, mas com a repercussão da personagem Ingrid (representada pela atriz Natália do Vale), uma fotógrafa da novela global Viver a Vida, a procura pelo serviço triplicou. A personagem foi inspirada no trabalho de duas fotógrafas paulistas, Darcy Toledo e Jane Walter, da Agência Nude. Darcy conta que o autor da trama, Manoel Carlos, leu uma reportagem de 2007 sobre elas, recortou e guardou a matéria. “Em janeiro do ano passado, a equipe dele entrou em contato, querendo conhecer de perto o nosso dia a dia, e acabamos dando consultoria técnica para a elaboração da personagem, posicionamento da câmera, montagem da luz e outros detalhes técnicos”, diz Darcy.

Tanto ela como sua sócia Jane são designers gráficas, o que facilita o trabalho final, uma vez que as fotos das clientes são editadas no formato de revista com direito a um pôster e texto personalizado.

O perfil da clientela é variado: “Atendemos mulheres de 20 a 60 anos, mas a maioria tem entre 35 e 45 anos, sendo que 90% são casadas. Os outros 10% são divididos entre algumas noivas, mulheres que passaram por uma separação ou que fazem os ensaios para elas próprias”, conta Darcy.

O tempero do ensaio fica por conta das fantasias pessoais. Uma curiosidade: as maduras são as menos griladas em tirar a roupa. “A grande dificuldade delas é com as poses em si. Por isso, ajudamos.” O local das fotos é previamente acertado. Pode ser em motéis, numa sex shop sofisticada ou na casa da própria cliente, como ela preferir. O ensaio dura cerca de cinco horas e a “modelo” tem cinco opções de produção.

Entre as musas reais clicadas pelas lentes de Darcy e Jane, está a promotora de eventos Denise Ariño, de 44 anos, casada há 25 e mãe de um casal de filhos adultos. Ela conta que o marido sempre gostou de revistas masculinas. “Por que não lhe dar de presente de aniversário uma revista comigo na capa?” E assim foi amadurecendo a ideia, bolando como seria o tal ensaio. Bem à vontade com a equipe só de mulheres, posou de executiva, fazendo um strip tease com direito a alguns nus e lingerie sexy. “No dia do aniversário dele, fomos jantar e, na volta, entreguei a revista dentro de uma caixa preta e dourada, dizendo que o presente era eu. Ele adorou!”

OPINIÃO
Mario Ariño, marido de Denise, “modelo” de book sensual

“Ainda saboreava a surpresa da festa, o carinho dos amigos e de minha família, quando ela me puxou para um canto e me deu uma linda caixa toda decorada, dizendo-me que aquele era o meu presente. Fiquei um pouco confuso, pois ela passara o dia falando que este ano ela que seria o meu presente… Não entendi, mas naquele momento queria saber o que minha amada havia me reservado. Ela tem um fino e delicado gosto para me presentear!

Enquanto desfazia o laço que embrulhava a caixa do presente, minha mente tentava imaginar o que poderia ser. Durante aqueles segundos em que tentava decifrar o rosto conhecido daquela linda mulher na capa da revista, minhas expressões devem ter ido da curiosidade ao espanto.

Eu a amo louca e profundamente, todos os instantes, a cada sorriso, a cada lágrima, a cada olhar, a cada surpresa, como esse delicioso ensaio fotográfico com o qual me presenteou e que tanto me orgulhou!”