About us Fale com a Agência Nude: nude@nude.art.br | Darcy Toledo: (11) 99302-8755 | Jane Walter: (11) 98221-9341

Aline

icone_mulher

Admito que sempre quis ter coragem o suficiente para fazer um ensaio sensual. Agora, se eu morrer, posso chegar felizinha lá em cima. Não tive filho, mas já escrevi um livro (impressão única para meu pai), já plantei árvore (considerando o pé de feijão no algodão, como toda criança planta na escola) e realizei um dos meus sonhos!

Sempre tive na cabeça que um ensaio sensual mostraria um novo EU, até então desconhecido por mim. Mas o próprio processo de “pré-produção” revelou que as fotos se tornaram apenas consequências. Foram dias e mais dias me preparando emocionalmente e fisicamente (sem abrir mão dos copos de Nutella!), vendo fotos de mulheres lindíssimas e, sim, óbvio, temendo não chegar aos pés delas.

Tiveram dias, também, de hesitação, de pensar: “Ai, será que vou conseguir fazer carão?” ou “Ai, será que não é muito dinheiro ‘jogado fora’?” ou “Ai, meu Deus, eu com 26 anos já estou precisando apelar?”

Até que pensei: “Como assim, algo para mim, é ‘jogar dinheiro fora’?”. O bem que programar este ensaio estava me fazendo jamais será calculado em reais. Se vou, ou se não vou, conseguir fazer carão, já não importa!

Sofri um acidente no início do ano e o encarei como um “acorda, menina” vindo do céu para mim. Se não fosse merecedora de muito amor – e tudo o que vem com ele -, Deus jamais me permitiria continuar viva; então, bola pra frente, que atrás vem gente!

Menos de um mês depois, terminei meu namoro, mas não perdi a vontade de viver, de me descobrir, me permitir e me amar! Um dos primeiros passos é este ensaio. Tão sonhado, idealizado e querido, porém, até então, sempre colocado em segundo plano…

Bom, o momento chegou (ou melhor, está chegando!). Agora falta pouco mais de uma semana!

Se eu pudesse escolher, em algum momento da revista estaria escrito assim:

“A mulher das fotos É ELA! Um pouco ‘maquiada’ para disfarçar as imperfeições do corpo, assim como as tantas que os homens olham (e desejam) em revistas e não percebem que são exemplares muito semelhantes com o que têm em casa. A mulher deste exemplar exclusivo é uma pessoa que merece ser amada e respeitada. Um tremendo mulherão com direito a defeitos que se anulam frente à raríssimas qualidades. Uma mulher de verdade, de carne e osso, cheia de sonhos e com a vida pela frente para vivê-los”.

Beijos, Aline

Aline, que o dia 25 de março chegue logo, que seja maravilhoso, resultando em lindas e inesquecíveis imagens. Beijos Darcy, Jane e equipe Nude