About us Fale com a Agência Nude: nude@nude.art.br | Darcy Toledo: (11) 99302-8755 | Jane Walter: (11) 98221-9341

Mariana

mariana_by_nude2
Ao ir para o local do ensaio, vários fantasmas apareceram na minha mente. Por exemplo, que seria idiotice, burrice, ignorância, besteira ou algo que não seria importante a ninguém, talvez uma futilidade. E também expor o carro à estrada de chão sem ter prática nisso e pensar nas críticas das pessoas na minha incompetência. No entanto, por saber que isso era da minha mente, e não realidade, continuei meu propósito. Afinal, já havia sonhado, imaginado, pesquisado… Até sapatos eu comprei.
Ao chegar ao local, fui maravilhosamente bem atendida, como alguém realmente importante e querida. O ambiente de intimidade já estava instalado. Impossível não se sentir bem, mesmo sendo reservada como uma boa curitibana. A escolha do figurino é realmente algo fantástico. Teve um momento que eu nem sabia falar direito o que eu queria. A subjetividade diante daquele universo sensual requer seriedade e concentração para se dar conta do que se foi proposto. Todas têm uma razão para estar ali. O auxílio incondicional das profissionais me fez pensar em melhorar meu auxílio incondicional à humanidade. Trocar de corpete, calcinha, sutiã, sapato, ver meu corpo sendo adornado e, principalmente, apropriado com cores, rendas, flashes, sorrisos e vivendo um momento único, foi lindo!
Minha história não é tão dramática como as que me foram narradas e também eu não sou muito emotiva. No entanto, meu maior desafio é com minhas próprias conquistas, e não derrotas. Tenho vergonha do corpo bonito que tenho, de minha profissão. Mas essas vergonhas são passos para ampliar minha alma e não lamentar por ser mulher. Percebi que eu não sou reprimida como muitos me fizeram acreditar. Como diria Bukowski, é só tirar as ideias que inculcaram em você e você vira uma pessoa livre.
Como nas tribos indígenas, o ritual para a passagem para a vida adulta é colocar a mão nas formigas e, quem sabe, um dia, na nossa civilização, um ensaio sensual se torne o nosso ritual. Ser e se sentir mulher que cada vez mais cresce em importância social e quem sabe até terá salários maiores do que os dos homens como sugeriu um psiquiatra. Essa é a nova mulher que nasce e que se estrutura nessa vivência: regenerada, reparada, reconstruída.
Perdoem meu jeito de escrever, um tanto visceral, mas eu realmente penso desse jeito que escrevo e mesmo sendo uma simples cliente, ouso deixar meu sincero depoimento.
Agradeço e parabenizo vocês, aliás, nós.
Beijos,
Mariana (PR)

Mariana, ao ler o seu depoimento, fiquei muito emocionada. Muito obrigada por compartilhar seus sentimentos e sensações conosco. Tenho certeza que muitas mulheres se reconheceram no seu texto.
Um beijo enorme!
Darcy, Jane e equipe Nude