About us Fale com a Agência Nude: nude@nude.art.br | Darcy Toledo: (11) 99302-8755 | Jane Walter: (11) 98221-9341

Sandra

sandra_by_nude2
Olá, meninas!
Diferente da maioria das mulheres que fizeram o ensaio fotográfico para presentear seus companheiros, eu quis me presentear. Desde muito jovem sempre tive vontade de ter ao menos um quadro com meu retrato em nu artístico ou pose sensual. Mas tudo, absolutamente tudo em nossas vidas acontece no tempo de Deus.
Estava e estou num momento ótimo comigo mesma. Sei o que me agrada, o que me desagrada e aprendi a me amar mais e mais. A autoestima ficou ainda mais elevada. Se antes do ensaio eu me olhava no espelho e dizia para mim mesma “que mulher gata!”, não tive nenhuma vergonha ao fazer as poses. Parecia que já conhecia Darcy e Rê há décadas (risos). Estava tão à vontade que em menos de uma hora começamos a fotografar.
Durante o ensaio externei o quanto estava à vontade e era indescritível a felicidade que tomava conta do meu corpo, de minha mente. Era pura emoção! Parecia que o mundo tinha parado durante aquelas cinco ou seis horas de fotos. Sentia-me a mulher mais poderosa e linda do mundo (risos). E cá entre nós, continuo me achando (risos). Nada como estarmos de bem consigo mesma.
Depois do ensaio e de ver as fotos foi que me convenci ainda mais do meu imenso potencial de mulher. Vi o quanto, nós, mulheres, quando temos as rédeas de nossas próprias vidas, não precisamos ter uma companhia para nos fazer acreditar nisso, no quanto somos sensuais, lindas e maravilhosas. Quando temos amor próprio, temos tudo. O outro é apenas um detalhe que faz nosso brilho e beleza realçarem mais.
Quando fiz o ensaio, no dia 7 de maio, estava vivendo a fase da incerteza de ter a relação reatada com o ex, mas sem grandes expectativas, afinal, foram muitas desistências, idas e vindas além do medo dele em viver nosso amor. Agora mais do que nunca o ensaio seria um presente para mim mesma. E assim se concretizou.
Finalmente, no dia 15 de maio, esse homem rompeu comigo através de um torpedo. Optou em voltar a viver infeliz. Eu simplesmente respondi que já esperava por essa decisão dele e que pagava para ver (risos). Em seguida, apertei o botão enviar e com o torpedo foi embora o sentimento forte. Sabe aquele ditado que diz “de tanta ingratidão perde-se a afeição”? No dia 17, embarquei para Maceió para curtir os últimos dias de minhas férias e foram simplesmente maravilhosos. Voltei bem bronzeadinha, cabeça arejada, alma leve e tranquila.
Pois é, continuei e continuo vivendo a minha vida de forma plena, sem derramar lágrimas ou ficando prostrada na cadeira, cama ou sofá à base de qualquer medicamento, pensando em uma pessoa que não soube me dar valor. Quem perdeu foi ele (risos).
Eu sou mais eu. Me amo, não posso mais viver sem mim (risos). Recebi minha revista no dia 11 de junho, véspera do dia dos namorados, e mesmo sem estar com alguém, estava e continuo muito bem.
Estou cada dia mais linda, mais feliz em minha própria companhia. Mulheres, amem-se em primeiro lugar, depois amem um companheiro. Não façam dele o seu projeto de vida! Ele pode ser parte integrante do projeto de vida, mas nunca, nunca, nunca mesmo, a pedra fundamental do seu projeto de vida.
Amem-se! Eu me amo!
Obrigada, equipe Nude!
Sandra (PE)

Sandra, lindo o seu depoimento, amamos!
Tenho certeza que muitas mulheres vão se identificar com suas palavras e história. É um desabafo, mas, acima de tudo, um alerta para que nós, mulheres, sempre façamos as coisas primeiro para nós e, consequentemente, quem estiver conosco acabará curtindo, não é mesmo?
Um beijão enorme!
Darcy e Jane